terça-feira, junho 07, 2011

Orlando Ribeiro - Cadernos de campo, Guiné 1947.


Lançamento dia 7 de Junho às 18hoo, na Biblioteca Nacional.

“A impressão de quem chega à Guiné por avião é, porém, totalmente diversa.
A faixa de contacto da terra com o mar mostra extrema complexidade.
Inúmeras ilhas e braços de água, canais em todos os sentidos, uma orla muito larga invadida pela maré, que deixa a descoberto uma faixa de lodos onde os rios e riachos desenham um curso que é uma sequência de harmoniosos meandros.”



Bissau, 1947. Orlando Ribeiro com Talibé, o seu «informador» local.



Caderno de campo nº 33, Guiné, 1947, pág. 17-18.
Página esquerda: levantamento de um perfil da planície aluvial para o planalto – observações e hipóteses.
Página direita: continuação da descrição do percurso e dos pormenores das casas dos Fulas.
© Suzanne Daveau




Caderno de campo nº 33, Guiné, 1947, pág. 39-40.

Na aldeia Mandinga de Bigine, um ferreiro com o seu ajudante a activar a fole.
© Suzanne Daveau

Sem comentários: